Bradesco se torna a marca mais valiosa do Brasil


08/11/2019


Segundo o ranking BrandZ Brasil, o Bradesco se tornou a marca mais valiosa do país. Possuindo um valor de marca de US$ 9,47 bilhões, o banco apresentou um aumento significativo de 35% em relação ao ano anterior, onde obteve US$ 7 bilhões, além de desbancar a Skol, que possuía esse título há seis anos.

Segundo o presidente da Marpa – Marcas, Patentes, Inovações e Gestão Tributária, Valdomiro Soares, o Bradesco investiu em sua marca pensando globalmente na mesma. “O Bradesco, pensando globalmente como marca, investiu em ações para competir com as startups e empresas de tecnologia bancária. Foi assim que a empresa cresceu na confiança de seus clientes, pois mostrou que estava valorizando a tecnologia e a praticidade na vida das pessoas. E, desde o início, tem suas marcas e inovações registradas, tendo assim a segurança e todos os direitos legais da mesma”, afirma.

O segundo lugar do ranking ficou com o Banco Itaú, com valor de marca estipulado em US$ 8,3 bilhões, em um crescimento igual ao Bradesco no período de um ano. O terceiro lugar ficou com a Skol, com valor de US$ 7,2 bilhões, o que resulta em uma queda de 12% em relação a 2018. Das marcas pesquisadas, Magazine Luiza é a que possui a maior alta do valor de marca, com 276%.

 “A reputação da sua marca é altamente importante, já que os hábitos e decisões de compra dos consumidores são influenciados por marcas, cores e o conceito que elas mantêm. Portanto, é justo ver a marca registrada como um ativo intangível importante para ajudar a propagar os negócios de uma empresa”, conclui Soares.

A lista das marcas ainda conta com nomes conhecidos, como Brahma, Antártica, Petrobras e Lojas Renner.